Blog da série #SOStraduçãomédica 

TODO O CONTEÚDO DA SÉRIE #SOSTRADUÇÃOMÉDICA É PRODUZIDO ORIGINALMENTE PELA DRA. CARLA VORSATZ E PODE SER UTILIZADO PARA FINS PESSOAIS, DE CONSULTA, ORIENTAÇÃO E DIVULGAÇÃO, DESDE QUE A FONTE SEJA CITADA. QUALQUER UTILIZAÇÃO DIVERSA SEM A AUTORIZAÇÃO POR ESCRITO DA AUTORA CONSTITUIRÁ INFRAÇÃO AUTORAL. 

Deve constituir preocupação de todos os que redigem textos científicos em língua portuguesa preservar a identidade desta e defendê-la, sempre que possível, das influências alienígenas.

(...) A incorporação de palavras tomadas a outros idiomas, em si, não empobrece nem descaracteriza uma língua; antes, a enriquece. O importante é que as palavras e expressões peregrinas não tenham equivalentes no segundo idioma e sejam corretamente adaptadas a este.

Dr. Joffre M. de Resende


A dermatite seborreica (infant seborrheic dermatitis) ou crosta láctea (cradle cap) do recém-nascido (neonate) ou lactente (infant) é um quadro dermatológico (dermatological condition) — ou dermatose (dermatosis) — benigno (benign) que costuma apresentar resolução espontânea (spontaneously resolves) durante o primeiro ano de vida....

Dez 29

In bolus

Contexto: farmacologia e administração de medicamentos

Milder form of the disease, milder form of disease, mild disease e mild disorder são todos traduzidos como forma branda da doença ou forma mais branda da doença, porque estamos falando de suas manifestações clínicas (clinical manifestations) e de sua fisiopatologia (pathophysiology).

Rectal examination, digital rectal exam (DRE) ou do latim palpatio per anum (PPA) costuma ser traduzido literalmente como "exame retal", porém classicamente é denominado toque retal.

Aqui temos um termo complexo que embora pareça simplesmente um falso cognato, não é bem assim, precisamos dedicar mais atenção.

Estes são dois termos muito utilizados na linguagem médica e muito pouco utilizados na tradução, no contexto dos tecidos orgãnicos:

A acinetopsia do grego ἀ-/ἀν- (a-/an-) "não, sem" + κινέω (kinéō) "movimento" + -ῐ́ᾱ, -ειᾰ (-íā, -eia) "sufixo usado para formar substantivos abstratos", ou síndrome de Balint significa o comprometimento da percepção do movimento, também conhecida como "cegueira ao movimento" (esta última uma má tradução literal de motion blindness).

Dez 22

Ketones

Localização: em São Paulo "urina tipo 1", no Rio de Janeiro "EAS" (elementos anormais do sedimento)

Edema (edema ou œdema), hidropisia (hydropsy) ou retenção de líquidos (fluid retention) é o acúmulo de líquidos no terceiro espaço.

Contexto: anatomia (distribuição de líquidos)

O terceiro espaço (potential space) é um espaço virtual entre duas estruturas adjacentes (juxtaposed structures) que normalmente são contíguas (directly apposed or adjoining).

Em inglês ground-level fall é definida como "a fall that begins when a person has his or her feet on the ground" o que em linguagem médica denominamos queda da própria altura.

O primeiro passo do exame físico é a ectoscopia (general examination) que significa inspeção crítica geral do paciente por meio dos sentidos do médico — o que pode ser visto, ouvido, cheirado e observado; a palpação ocorre em etapa ulterior. Neste momento o médico descreve o paciente tendo como escopo aquilo que é pertinente ao quadro apresentado ...

As expressões advance directives, advance healthcare directive, living will, personal directive, advance directive, medical directive ou advance decision se referem a um documento legal no qual uma pessoa especifica as ações que devem ser tomadas em relação à sua saúde caso ela não tenha condições de tomar decisões por si mesma por causa de doença ...

Dez 15

HER2

Eis que novamente nos deparamos com a colocação do número na tradução, que já foi comentada na série aqui.

Termo comum entre os médicos e muito pouco encontrado nas traduções, dimídio, proveniente do latim dimidium e usado em latim na língua inglesa (quando usado) significa dividir ao meio, meiar (dimidiar) e, por extensão, em medicina significa a metade do corpo — em termos de lateralidade.

Dez 12

VEGFR

Os receptores do fator de crescimento endotelial vascular (vascular endothelial growth factor receptors — VEGFR) são receptores da tirosina quinase ou tirosina cinase — ambas as formas estão corretas e constam no VOLP, responsáveis pela ligação com o fator de crescimento endotelial vascular que inicia cascatas que estimulam a angiogênese (cascades...

Dez 11

GLP-1

Contexto: metabolismo da glicose

Dez 10

tPA

Contexto: coagulação sanguínea

Os mineralocorticoides (mineralocorticoid), hormônios produzidos na glândula suprarrenal (adrenal gland), se ligam ao receptor mineralocorticoide citossólico nas células do túbulo renal, por isso não dizemos receptor "de" mineralocorticoides.

As decisões médicas referentes ao tratamento, o que o médico vai fazer, são classicamente chamadas de conduta em português.

O nome da veia porta deriva do grego πυλή ou pýle. O radical refere-se à porta de uma cidade ou de uma fortaleza; o sufixo + -ῖτις (-îtis) denota inflamação.

O sistema vascular (vascular system), também chamado de sistema circulatório (circulatory system) ou sistema cardiovascular (cardiovascular system) ao incluir o coração ou bomba cardíaca (heart pump) é formado por vasos (vessels) que transportam o sangue (blood vessels) do sistema circulatório e a linfa (lymph) do sistema linfático ...

A bronquiolite obliterante com pneumonia em organização (bronchiolitis oblietrans organizing pneumonia — BOOP) é uma síndrome clínico-patológica (clinical-pathologic syndrome), caracterizada por fibrose bronquiolar e peribronquiolar (bronchiolar and peribronchiolar fibrosis), com proliferação intraluminal de estroma de tecido conjuntivo (connective...

Sejam bem-vindas e bem-vindos!

A ideia é trazer sugestões para termos ou expressões corriqueiras (ou complexas) encontrados nos textos médicos e científicos em inglês a serem traduzidos para o português e que representam algum grau de dificuldade para o tradutor médico.

É importante que fique bem claro o que a série não é

Não é um dicionário médico
Não é uma obra de referência médica
Não é uma obra de referência da língua portuguesa


A série começou no primeiro dia de 2020 e terminou no formato de postagens diárias em 31 de dezembro de 2020. 

Como as postagens foram ganhando comentários e terminologia correlata ao longo do ano, o próximo semestre será dedicado a atualizar todas que ainda não estão neste formato de modo que o conjunto fique homogêneo.


As postagens da #SOStraduçãomédica podem ser consultadas no Twitter, no LinkedIn e no Facebook, com link para o blogue onde cada postagem tem comentários explicativos e terminologia correlata em português e inglês.

No LinkedIn tem um grupo de discussão chamado Grupo TRES — Tradudores e Revisores Especializados em Saúde — Línguas Portuguesas  junto com o #fórumTRES  sobre  assuntos pertinentes à linguagem médica, aberto a todos os profissionais que se interessem pelo tema. O grupo é administrado por uma equipe com oito membros, todos profissionais da tradução com diferentes formações; destes oito membros sete são brasileiros e uma é portuguesa, temos a intenção de contar com mais representantes de outros países de língua portuguesa a fim de enriquecer a troca de informações e experiências. 

Nosso trabalho se pauta no conceito que o texto médico e/ou científico deve ser simples e claro, para não dar margem a equívocos. Já basta a complexidade do conteúdo. 

Ao mesmo tempo, acreditamos que a boa tradução faz parecer que o texto foi redigido originalmente no idioma para o qual foi traduzido — a chamada localização. 

O ideal é que a leitura seja fácil, fluente e que o idioma facilite a transmissão do conhecimento.

Todo o conteúdo das séries — exceto os comentários — é disponibilizado gratuitamente em forma de glossários (sdltb, xlsx e csv) atualizados mensalmente, cujo download pode ser feito aqui.